Categorias
Iniciativas

O caminhar como ferramenta poderosa para moldar as cidades

Iniciativas apoiadas pelo Lab.MaP ­– Laboratório de ação direta para a mobilidade a pé – colocam o deslocamento a pé e as narrativas restaurativas como peças chave para a transformação urbana ao propor melhorias das condições do caminhar.

13 outubro 2021
A volta às ruas começa a ser uma realidade, ainda que com os cuidados necessários diante do Covid-19. Mas queremos voltar a ocupar e estar nos espaços da mesma forma como antes? Queremos poder contar
novas histórias sobre a forma como ocupamos a cidade?

Para responder a esse chamado e fortalecer a pauta do deslocamento a pé como uma ação simples e potente de combate à crise climática, nasceu o Lab.MaP – Laboratório de Ação Direta Pela Mobilidade a Pé. Entre março e agosto de 2021, em meio à pandemia, o Lab.Map trouxe o desafio a qualquer equipe do Brasil que atuasse com foco em pedestres para tirar suas ideias do papel e transformar o território em que estão inseridos. Dez equipes foram selecionadas com projetos voltados à comunicação e
sensibilização, incidência política e intervenções urbanas em suas cidades. Quatro das cinco regiões do Brasil foram contempladas nesse processo.

A equipe envolvida na organização Lab.MaP entende a mobilidade a pé como peça fundamental na transição de paradigma, rumo à priorização de pedestres e à mobilidade de baixo carbono. Para isso, é preciso identificar as oportunidades e desafios de se caminhar em cidades brasileiras e propor soluções. As dez equipes selecionadas foram convidadas a planejar, propor e testar ideias em seus contextos reais. O Lab.MaP também surge com a intenção de responder a outras pautas correlatas ao caminhar, como
saúde, educação, gênero e acesso à cidade. Afinal, todos e todas nós somos pedestres em algum momento do dia e as condições de infraestrutura que enfrentamos nos nossos deslocamentos influenciam muito na escolha do meio de transporte e no tipo de experiência que podemos ter.

Mais de 1.200 pessoas foram beneficiadas diretamente pelas ações. Em Lorena/SP, o grupo Coreografando Ruas chacoalhou o centro da cidade com intervenções urbanas artísticas e pintura de calçada (antes inexistente) e já foram contactados por outras prefeituras de cidades da região para expandir o projeto. Em Belo Horizonte/MG, o SOnhANDO A PÉ levou a mobilidade de pedestres para a escola e beneficiou 135 crianças através de atividades lúdicas. Em Fortaleza/CE, o PI Experimental, um grupo de mulheres que trabalha na praia de Iracema como palco para memórias afetivas e como vivenciamos os espaços, beneficiou mais de 200 pessoas. Voltando a Minas, agora em Uberlândia, a equipe Flutuanda inovou na intervenção no espaço público e chamou a atenção através de um inflável pedestre no centro da cidade, além de lançar uma cartilha informativa.

O Lab.MaP se mostrou como uma potente jornada de construção e materialização de iniciativas que melhoram as condições e incentivam o caminhar nas cidades para, assim, criar novas narrativas de futuros
desejáveis. Sobretudo, mostrou que soluções para cidades mais justas, equitativas e resilientes, nascem de pessoas que encontram oportunidades de colocarem suas ideias nas ruas.

Uma nova edição do Lab.MaP já está sendo desenhada para que mais grupos e cidades pelo Brasil continuem essa transformação de infraestrutura para melhorar o caminhar e, acima de tudo, a
transformação cultural que valorize os modos ativos.

Para conhecer a fundo a ação que cada uma delas realizou no Lab.MaP, no dia 18/10 estaremos ao vivo na agenda de eventos do Circuito Urbano ONU-Habitat em dois horários: às 14h e às 19h.

As iniciativas podem ser acompanhadas através dos perfis nas redes sociais: @pi.experimental; @_sonhandoape; @simova_pe; projetoflutua; @coreografandoruas; @brasiliaparapessoas; @nossa.calcada; @caminharasmargens; @prodhecepeusp; @a_pezito

Sobre o projeto Como Anda
O Lab. MaP é uma iniciativa do projeto Como Anda.

O Como Anda é o ponto de encontro de organizações que promovem mobilidade a pé no Brasil, fruto de uma parceria entre as organizações Cidade Ativa, Corrida Amiga, CalçadaSP e Caraminhola com apoio do
iCS (Instituto Clima e Sociedade) e tem o objetivo de criar um ambiente fértil para o empoderamento desses grupos, disponibilizando dados e disseminando informações sobre iniciativas e projetos e promovendo oportunidades para trocas e parcerias. Acompanhe nas redes:

Site: http://comoanda.org.br / E-mail: contato@comoanda.org.br / Instagram: @projetocomoanda

Contatos: Celular e whatsapp: (11) 97176-0379 c/ Mariana Wandarti

Release enviado por Wans Spiess (CalçadaSP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.